Para todos aqueles que, directa ou indirectamente, foram afectados pelo incêndio de Pedrógão Grande, será difícil esquecer os momentos de terror. Mesmo para os que assistiram à distância de um ecrã, as imagens de destruição serão permanentemente recordadas. Ninguém ficou indiferente.

Ao acompanhar os relatos do incêndio, cresceu um sentido de impotência que rapidamente se transformou num enorme sentido de missão: todos quisemos, e todos queremos, ajudar. Seja de que forma for. O movimento humanitário criado da noite para o dia já juntou mais de um milhão de euros e toneladas de donativos, que lotaram todos os stocks da Liga dos Bombeiros Portugueses. Convidamos todos os nossos leitores a contribuir para uma das muitas contas solidárias de apoio às vítimas do incêndio.

Um evento traumático produz emoções poderosas e perturbadoras. Estas emoções têm o potencial para criar um impacto negativo duradouro no nosso o dia-a-dia, originando uma condição designada stress pós-traumático. Segundo o psicólogo Nuno Pavão Nunes, formado na Universidade de Massachusetts, que atende por vídeo-chamada no Zenklub: “o stress pós-traumático é um transtorno de ansiedade que afecta pessoas expostas a situações de perigo extremo, em particular situações de vida ou morte”. Primeiramente estudado nos Estados Unidos, este transtorno psicológico poderá manifestar-se através dos seguintes sintomas:

Sintomas Físicos:

– Insónias
– Fadiga
– Hiper-Vigilância
– Ritmo Cardíaco Acelerado
– Tensão Muscular

Sintomas Psicológicos:

– Irritabilidade
– Ansiedade e Medo
– Sentimento de Culpa
– Isolamento

O apoio emocional é uma das formas mais importantes de ajuda nestes casos. Na sequência dos acontecimentos do passado Sábado, mas também com outras experiências traumatizantes em mente, preparámos um conjunto de dicas para que possa ajudar os seus amigos e familiares a recuperar de traumas.

Como apoiar familiares e amigos que viveram momentos traumáticos:

1. Seja paciente: a recuperação emocional leva o seu tempo. Não julgue reacções, nem em resposta às suas acções, nem às dos outros.

2. Não force o assunto. Mostre-se disponível para ouvir: é difícil falar e reviver o que aconteceu. Não insista no assunto, mas dê a entender que está disponível, seja para abordar esse assunto, ou qualquer outro.

3. Seja prático: uma excelente forma de ajudar é impulsionar o regresso à rotina normal do dia-a-dia. Ofereça companhia para um passeio, uma ida ao supermercado ou até para cozinhar.

4. Incentive a socialização e a actividade física: o isolamento é um refúgio para quem sofre, mas é também um passo na direcção contrária. Incentive e crie as condições certas para a prática de hobbies e exercício físico, ou até uma jantarada com amigos. Qualquer um deles evitará pensamentos negativos.

5. Procure a ajuda de um profissional: a recuperação pós-traumática é um processo complexo para o qual poderá contribuir a experiência e a formação de um psicólogo profissional. A terapia cognitiva-comportamental (TCC), por exemplo, provou ser altamente benéfica no processo de recuperação. Segundo Nuno Pavão Nunes, a TCC actua “desafiando e modificando os pensamentos irracionais” e “expondo gradualmente e sistematicamente a pessoa aos estímulos associados ao trauma, acrescentando técnicas de relaxamento para diminuir o impacto emocional.”.

Zenklub Portugal

Esperamos que estes conselhos vos possam munir de mais ferramentas para ajudar aqueles que ainda sofrem as consequências do incêndio de Sábado, assim como todas as pessoas que viveram tragédias que abalaram as suas vidas e as dos seus familiares.

No Zenklub encontrará profissionais especializados que poderão ajudar a recuperar o bem-estar e a potenciar a sua saúde mental. Agende uma vídeo-consulta com um psicólogo em menos de 30 segundos, e seja atendido em qualquer parte do mundo.

Zenklub

Zenklub

Proporcionar um estilo de vida mais saudável e permitir que as pessoas tomem controlo da sua saúde emocional e bem-estar é o objetivo do Zenklub. Para além das matérias no blog, no nosso website poderá consultar um psicólogo por vídeo-chamada, esteja onde estiver. São mais de 30 psicólogos a um clique de distância.
Zenklub

comentários